A NUVEM DO TEMPO



Espontáneamente, Barbara minha filha e eu decidimos pintar e comecamos a  lançar  tinta sobre uma tela de maneira que pudessemos expor  o que naquele momento surgia naturalmente e expressaria  nossos 'segredos' . Me permiti fugir da rotina nesse instante, quando fui  interrompida com o telefonema da minha querida irmã Marlene.
A surpresa e o sorriso iluminou  meu rosto e mesmo que ela não pudesse  ver, certamente podia  sentir a alegria ao falar  com ela.
Interessada em saber o que estava fazendo, perguntou e a resposta veio de imediato -   'arte'.  Ela com um suspiro e ar de quem lembrou de algo importante, me disse ..
 - Ma..., sabe que me veio a memoria um dia desses?  A mamãe, gostava muito de desenhar e pintar  flores, você se lembra?
E continuou.."Lembra-se quando ela desenhava no papel de pão e em um caderno, as flores com  galhos e folhagens grandes?
Lamentavelmente, custou me abrir a gavetas da memoria e encontrar esses momentos vividos com minha mãe, afinal são 30 anos de sua ausência. Marlene, ainda me dizia 
- Você 'puxou' a ela. e continuou...
- Se ela tivesse uma maquina fotográfica na época, iria  tirar fotos de flores e copiar -las.
Naquele momento a voz ficou embargada, mas consegui ainda dar um sorriso.
Era verdade, na velha casa germinada na Casa Verde, na rua Matilde, 777, sentada sobre o piso vermelho  brilhante, ao lado da porta, ela parava para descansar depois de um  árduo trabalho diário e buscava encontrar um  tempinho conosco. Enquanto disputavamos quem ia ficar do lado dela para ve la desenhar, ela calmamente chamava uma para sentar aos seus pés.
Quando não estava desenhando suas flores e tentando  nos demonstrar seu' conhecimento artístico' com as canetinhas da Bic, nos chamava para sentar se entre suas pernas e  aproveitando ficava olhando  nossas cabeças, para ver se não tínhamos piolhos.
Mas que ver ela desenhar e aprender as 'técnicas' acredito, que o desejo maior era ficar ao seu lado. 
Hoje me dou conta, que os papeis de pão, guardanapos, ou outra folha com os desenhos preciosos que ela fazia,  foram abandonadas  e jogadas em um espaço pequenino da memoria. Parece que não dei  muita importância aquilo.
Conversando com Marlene, essa gavetinha da memoria foi lentamente aberta e depois de eliminar o pó acumulados por tantos anos, os   momentos maravilhosos com ela, sentada na porta da sala com vista para um  pequeno corredor de flores mal cuidado e olhares para o Duque, nosso cachorro  vira-lata, vieram a tona.
Hoje, penso que  poderia fazer daqueles momentos mais especiais, mas não sabia que o tempo dela era tão curto ao nosso lado.
Não fiz... e hoje fica as saudades e as vagas lembranças.  A nuvem do tempo ocultou as memorias vivas e minha voz ficou embargada  quando já não podia lembrar com perfeição os detalhes que minha irmã descrevia.

As vezes na caixinha da memoria, os momentos lindos são guardados e depois sufocados, abarrotados com momentos menos favoráveis que a nuvem do tempo sopra e deixa acumular   o 'lixo' que preferimos guardar, deixando as gavetas infestadas quase impossíveis de serem abertas. 
Hoje, já não  tão criança na idade, mas com uma viva la dentro de mim, ainda estou aprendendo  a não deixar  muitas vezes o' lixo' da nuvem do tempo,acumular nas gavetas da minha memoria e tentar guardar  as coisas boas vividas com  os  relacionamentos que fazem parte  do nossa vida. Confesso que muitas vezespreciso de ajuda. 
Meu desejo  e que minhas filhas possam guardar nas suas gavetas o abstrato  e o concreto desses  momentos registrados na tela ou não e mais que isso,que aprendam não acumular  lixo sobre esses momentos pelos equívocos que como pais muitas vezes praticamos.
Mazinha..obrigada por abrir essa gaveta tão preciosa que estava tão escondidinha la na minha memoria.Te amo querida.
-- 

Posted by Picasa Sinto um amor pelas flores
Cada pequena  me encanta e me fascina
Ultrapassando a vontade de te-las por perto
Registro a maravilha de seu esplendor


Cada qual parece demonstrar
Uma gratidao nas suas pequenas petalas
Que fechadinhas nascem e se abrem
Quando a vida alcanca seu quase limite


Na sua jornada, encontra o calor
A chuva, o vento  sao seus parceiros
que fazem do seu habitat um misterio
As abelhas seu nectar vem retirar
E a meus olhos  abrilhantar 


Algumas são pequenas, azuis, amarelas,
Outras brancas como rara almas
Ainda assim sao bondosas
As rosas se cobrem com o espirito do amor
Crescendo entre  tantos espinhos.


Amo as flores, estao vivas,
 Meditam, vivem e morrem
Diariamente, mensalmente,
Anualmente,eternamente.


Quando morrem no meu espaco,
Me cabe sepulta-las,
Muitas sao fortes e deixam suas sementes
E uma esperanca  no peito da gente 


Quando daqui nao pertencer mais
Quero que estejam ao meu lado
E perfumem  por um momento mais
O tempo que chegara para o fim


E la na eternidade 
Com outras espero encontrar
E os eternos  'bracos' se abrirao 
E ao Criador contemplarao.

Como entender??


A fraqueza do ser
Dos que dizem que sao, mas nao sao,
que fazem,mas desfazem
que pedem emprestado, mas nao pagam
dos que parecem te dar a mao, mas dao um empurrao
Dos que dizem  amiga, mas nao sao
Dos que dizem te escutar, mas nao ouvem
Dos que comecam um trabalho e nao termina
Dos que se aproximam sem piedade
Carregam no coracao maldade
Mesmo na tenra idade
Dizem que  o homem nasce em pecado
Pode renascer de novo por decisao
E todos tornam-se' irmao'
Proximo alguns sao, outros nao
E assim vem a questao
Donde comeca minha ilusao?
Ate onde vai o perdao?
Quando mesmo, somos irmaos?

Enxurradas de solidariedade




A principio não tem como negar a revolta, e a necessidade de luta por justica.
Criticas contra o Estado,municipio,comunidades e indivíduos são inevitaveis.
Abuso de poder,neglicencia,falta de prioridades, ignorancia, são sinominos que recheiam e buscam os responsáveis pela grande tragedia, a qual levou a morte de milhares no Estado do Rio, especificamente em Niterói.
Semanas de tristeza, de perdas, de incorfomismo e muito choro.
Assistindo as inumeras reportagens nacionais e internacionais nao tem como o patriotismo bater forte e dizer.
"Essa e minha gente, esse e meu pais".
Toneladas de solidariedade sendo despejadas nos morros carentes do Rio.
Chuvas de voluntarios passando a maquina para cortar o excesso da podridão e fertilizar as arterias e corações debilitados pela grossa camada de dor.
Montanhas sendo desabadas com o sacrificio do trabalho de bombeiros, policias e gente que por mais especializada sejam, não podem segurar as lagrimas que correm, durante o arduo trabalho pela busca de corpos.
O sabor do sal, e o brilho do sol encarnado no povo cristao e religioso , levam os afetados a olhar para cima e ver o arco-iris sob as profundas enchentes de morte, desespero, perda e dor.
Meu coracao em ato dificil de agradecimento, o faz, por que eu creio, que no meio de tanta dor, ainda podemos ver cores especiais de 'guarda chuvas ambulantes ', cobrindo, protegendo e aliviando a tormenta que nosso pais viveu.
'Depois da forte tempestade sempre haverá um lindo amanhecer".
Os saudaveis raios de Amor,Solidariedade e Esperanza chegam para transformar vidas em novas criaturas.



Que tristeza!!!
Ouvir, ler e olhar as consequencias das chuvas no Rio de Janeiro desde dezembro, quando varios jovens perderam suas vidas e agora, Niteroi esta debaixo das aguas e as casas desmoronando,pessoas morrendo, me fazem chorar pela ignorancia, falta de prioridade,falta de politicas publicas na area da habitacao, saneamento basico, secretaria de obras,transportes  que permitem um estado, considerado um dos mais desenvolvidos no Brasil, chegue ao atual estado de caos.

Construcao de casas em aterros sanitarios sem as minimas condicoes de seguranca a toda a populacao, confirma que a necessidade basicas do pais estao sendo 'atendidas' com a ausencia de muitas outras e as consequencias virao, mais tempo ou menos, com chuva ou sem chuva, e ai esta.
Ha acoes conjuntas sendo mobilizadas e pelo visto uma minoria esta envolvida nesse processo de prevencao de acidentes naturais causados pelas chuvas a populacao no estado do Rio.
A tristeza fica em saber que muitos perderam suas vidas por inincompetencia de     outros.Desastres naturais sao inevitaveis, mas a falta de planejamento, prioridades e respeito do governo a populacao, leva a mesma viver a amargura da ausencia de participacao e envolvimento naquilo que lhe diz respeito.
Agora, viva o carnaval do Rio de Janeiro e repense as prioridades, antes de padecer com o carnaval do rio de Abril.

Dando a volta ao mundo


.Ja se passaram uns bons memoráveis anos e todavia me recordo daquele aniversario onde ganhei um único presente. Não sabia se chorava ou ria. Minha curiosidade era saber se minha irma tinha ganhado da mesma cor que o meu e resultou que sim. Afinal eramos gêmeas e tínhamos que caminhar  e ganhar igual, segundo as freiras do colégio onde vivemos nossa infância.
Necessitava desse presente como nada no mundo.Era meu companheiro de caminhada.Se levantava e ia para cama comigo.Tirávamos só para ir nadar no rio, trepar nas arvores de jabuticaba, goiabeira  e tomar o banho gelado nas manhas calorosas de Pirajuí  Eventualmente quando cansadas, não tinha como evitar os tropeções que tínhamos com ele nas ruas empedradas e empoeiradas do interior. Todas minhas amiguinhas do convento tinham iguais, e na escola já sabiam de onde vinhamos porque eles nos denunciavam.No final do dia, todas os abandonavam na escuridão do nosso quarto.Nos domingos, quando o calor era demasiado, a ordem era usa -los para ir a igreja, onde muitas vezes queria substitui-los, mas como não tinha muitas opções ele me acompanhava pra cima e pra baixo.Confesso que sentia envergonhada quando as garotas que não eram do colégio de freiras, olhavam para mim e para ele, pois isso revelava onde tínhamos caminhado.Os anos passaram, cresci e ele também envelheceu e mesmo assim ganhou sua fama. Ha cerca de oito anos atras, caminhando na Oxford Street em Londres com minhas filhas, o vi e fiquei impressionada onde chegou. Estava se exibindo junto com as jovens modelos brasileiras e conquistando o coração das europeias em uma dessas vitrines famosas.Se ele pudesse falar, provavelmente diria algo para mim.Comentei do meu relacionamento com esse companheiro para minhas filhas e elas quase se mataram de rir.Recentemente, em um hotel, onde as obras de artes estavam estampados nos corredores, paredes e nos pisos, adivinha quem encontrei?La estava ele, apoiando a noiva, aliviando o cansaço depois de um dia especial, como fez comigo em muitas ocasiões.Aquela tarde,ele me tirou um sorriso enquanto sentada estava saboreando um sorvete com meu esposo e o vi desfilar triunfante na passarela daquele carpete florido e macio que teve  o prazer de limpar a sola do inesquecível  Havaiana.
Posted by Picasa

Sonhos guardados podem ser realizados

Ainda quando viviamos na Inglaterra, minha amiga Valeska, nos comentou sobre o 'Cirque du Soleil, o qual nao tinhamos ouvido falar ate aquele momento.
Naquele ano, ela ganhou de presente de aniversario de seu querido esposo Guilherme os videos com as incriveis apresentacoes dos intensos espetaculos, os quais nos compartilhou e que nos tiravam o folego ao assistir na pequena televisao da modesta sala em sua casa.
Os finais de semanas com tardes frias e curtas da Inglaterra, reuniamos as familias brasileiras, convidavamos a pipoca para saltar no micro ondas e infestar a casa com seu cheirinho de manteiga derretida, o delicioso bolo de fuba  e o  cafezinho, eram fatais companhias enquanto assistiamos os fabulosos espetaculos.
Bianca,Marcelo, seus filhos, minhas meninas, todos pequeninos, olhavam fascinados a televisao e nossos olhos tentavam acompanhar os movimentos, as cores, o ritmo e a criativa coreografia dos dancarinos e artistas.
Ficou o sonho de um dia ver pessoalmente o show. Quem sabe!!!
Ja se passaram quase cinco que nos despedimos da Inglaterra e dos amigos, os quais atualmente vivem em Joao Pessoa na Paraiba e ficou a esperanca de reencontrar-los e vamos com certeza faze-lo.
Recentemente Luiz chegou com seus olhinhos brilhantes e sorriso de quem estava aprontando alguma coisa e disse.
- Tenho uma surpresa !!!
As vezes as surpresas de Luiz , me assustam, porque muitas delas era uma noticia de mudar de pais novamente.
Mas dessa vez, nao foi mais uma mudanca de pais, mas o convite para vermos pessoalmente um dos shows do Circo de Soleil chamado 'O' .
Obvio que meu coracao viajou ao passado na Inglaterra, depois foi a Joao Pessoa,onde nossos queridos amigos atualmente estao  involucrados  com arte,danca e ensino na Universidade Federal.
E nesses momentos que o coracao bate forte, se emociona e deseja que tantas pessoas estejam conosco desfrutando dessas intensas oportunidades. Valeska e Guilherme, voces estiveram conosco em nossos coracoes e pensamentos enquanto os bailarinos, dancarinos e nadadores exibiam seus talentos dentro de uma gigantesca piscina onde o maravilhoso show ocorreu . Saudades de voces amigos e obrigado por semear a fantasia de viajar nos espetaculos fabulosos do Circo de Soleil.
Nos veremos em breve, no tempo certo para assistirmos juntos o Circo de Soleil no Brasil. Esperemos!!!

Escultura by Richard MacDonald
Posted by Picasa

O desequilibrio escondido na perfeicao da mao humana






Ao desembarcar no hall de qualquer de um dos hoteis, a reação e a mesma de todos.

Brilho nos olhos maquina fotográfica na mão e o desejo de explorar cada canto do antigo deserto que tornou-se um paraíso.

Paraiso de finas artes estampados nos corredores,nos tetos, nos pisos, nas replicas arquitetonicas de cidades como Veneza,Paris,New York,Grecia, Antiga Roma e Rio de Janeiro.

Paraiso das grifes, outlets,luxuosas vitrines. Paraiso da ‘alta cuisine, impecaveis gourmets.

Paraiso dos espetaculares shows para todos os gostos e bolsos, dos jardins encantados, dos doces sabores e aromas, dos cassinos, dos falidos cassinos. Sim, falidos cassinos, mantidos pelo governo para a honra do cidadão americano.

Paraiso da solidão, da prostituição , da depressão, da diversão e do turismo local que cresce e sustenta a fantasia de muitos.

Conhecida como cidade do pecado, Las Vegas é o palco dos sonhos , transformado em desequilíbrio humano, onde e possível se divertir sem culpa alguma. Gostei, regressarei!!

FELIZ PASCOA

Ressurreicao
Libertacao
Perdao
Vida
FELIZ PASCOA!!!
Posted by Picasa